quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Devo mesmo ser doente

1.
Devo mesmo ser doente
pois ainda sou crente
nessa gande ousadia
fazer a Revolução
que faço dia a dia:
divulgando a informação,

Evitando a baixaria!

2.
Longe quero chegar
escrevendo através
do correio eletrônico.
Mas devo confessar
que não sou biônico:

Minha opinião tem viés!

3.
Não destilo peçonha
e não tenho vergonha
de aderir a partido.
Quanto erro, reconheço
sem orgulho ferido:

Sempre é bom o recomeço!

4.
E termino por aqui.
Se versinhos escrevi
neste fórum sindical
causando aborrecimento,
creiam-me, não foi por mal.

Eu sou um cara legal
mas a vida é um tormento...

Marcadores: , , ,

1 Commentários:

Blogger Paula Soares escreveu...

Adorei os versinhos!

Ocupadìssima com os preparativos do casamento!
Abraço.

terça-feira, 16 setembro, 2008  

Postar um comentário

Links para esse texto:

Criar um link

Voltar à pagina principal